Jarbas J. Silva

...se eu não tiver amor, nada serei!

Textos

Enganador
ENGANADOR

É ela!? Viajei. Parece tanto! Fui longe! Lá atrás. Era Sábado. Linda! Será mesmo? Que saudade! O seu olhar, algo lâmina. Não acredito, tanto tempo! Se for, mudou nada! Claro, claro que mudou! O tempo molda. Éramos tão jovens ainda! Somos ainda. Mas maduros. E se for? Não sei, não sei. Eu não acreditava em amor à primeira vista... nem à Segunda, nem à terceira. Foi na primeira. E ela? Muito tempo. Acho que ela também. Para onde vai? Caminha como antes, ondulado, felino... e agora? Chego ou não? Quero ouvir  a sua voz! E se não for? Duas não há ...tão igual! Será? Agora mais perto! Não vou correr. Não vou ceder! O que é isso ?! Nem sei se é! Eu não cedi. Que bobagem! Perdoa, Cristiano, perdoa! Tanto tempo! Coração enfraquece. Mais perto! Se atravessar, atravesso. Pra onde vai? Por que não voltou? Eu a receberia, meu amor! Eu a receberia! Não deixo mais, duas vezes, não. Sou tolo, mas não burro. Sou burro, uma mulher como você não se deixa ir. Que burrice! Atravesso também, não me escapa... o ... O CARRO!...EI, O CARR...NÃÃÃOO!!! CRISTINA, CRISTINA!!! Pára pára... sai sai, sai... com licença, com licença.... chame um médico, por favor, a ambulância... eu sou amigo... só amigo, dá licença... que... coisa... Ah, que coisa... Ah, que ... Ah, não   é    ela.... Ah, que droga!    .... Dá licença, dá licença, sai, sai... dá licença.... um tempão atrás dela, e pra nada? ... Eu nunca vou perdoá-la... nunca...
Jarbas J Silva
Enviado por Jarbas J Silva em 05/11/2009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras